Início > Resumo > Vale das Flores

Vale das Flores

Continuando a viagem, depois de uma noite de ataques por lobos, conseguimos descançar um pouco e chegar à uma vila perto da hora do almoço.

No Vale das Flores nós enfim encontramos seres humanos. Os seres humanos são animais mamíferos, bípedes, que se distinguem dos outros mamíferos, como a baleia, ou bípedes, como a galinha, principalmente por duas características: o telencéfalo altamente desenvolvido e o polegar opositor.

O telencéfalo altamente desenvolvido permite aos seres humanos armazenar informações, relacioná-las, processá-las e entendê-las. O polegar opositor permite aos seres humanos o movimento de pinça dos dedos o que, por sua vez, permite a manipulação de precisão.

O telencéfalo altamente desenvolvido, combinado com a capacidade de fazer o movimento de pinça com os dedos, deu ao ser humano a possibilidade de realizar um sem número de melhoramentos em seu planeta, entre eles, cultivar tomates.

Mas até onde averiguamos não havia tomate no Vale das Flores, nem porcos, nem flores, nem a prova de historia de alguém, nem um japonês. Havia sim uma casa comunal onde Quang, Willian e Lauren entraram.

Havia uma mulher cantando uma música quase hipnótica. E pessoas bebendo uma coisa estranha que pela coloração parecia mais com sangue do que qualquer outra coisa.

Willian queria falar com o lider do lugar e nos foi a presentado o Meistersinger, conversamos muito com ele, apesar que ao final parecia que nós haviamos dito muito mas ele muito pouco. Disse ser um homem que viajou bastante pela Terra das Brumas.

Ao saber que a maioria de nós sequer pertencia a essas terras, nos contou sobre uma máquina localizada em Darkon que segundo os rumores é capaz de levar pessoas para fora da Terra das Brumas.

E para nos ajudar com os lobos, o bardo nos contou sobre a existencia de uma planta, Nightblight, um aconito que os afasta. Entretanto essa planta é impossivel de ser transportada por muito tempo. A verdade é que a planta só os afasta enquanto está viva, plantada no chão, então mesmo que a encontrassemos nas DEAD HILLS (dumm dummm dummm DUMMM!!), elas nao iriam durar.

Eu penso que os lobos não chegam perto é das Dead Hills e não perto das plantas, mas não tive tempo de argumentar com o Meistersinger.

Seguimos ainda a estrada até anoitecer. Por sorte encontramos uma vila toda cercada e que parecia bem segura para nos abrigar. Quang e Lauren chegaram próximos ao portão chamaram pelos moradores mas ninguém os atendeu. Quang ia pular o muro para abrir o portão e deixar as explicações e desculpas para o outro dia, quando o clérigo do Legislador tentou chamar a atenção das pessoas da vila de uma forma exagerada. Ele criou uma esfera de luz flutuante que ficou pairando acima da vila. Foi neste momento que Quang viu alguém sair correndo de perto da cerca para o centro da cidade.

Com mais medo dos lobos do que das pessoas nós nos acomodamos dentro da vila até que avistassemos pontos de luz se aproximando, ou muitas pessoas carregando tochas e vindo em nossa direção.

Quang e Lauren foram recebê-los, nos acusaram de trazer um feiticeiro conosco (se referindo a luz estranha) e disseram que todos deviam ir até a guarda conversar.

Deixamos apenas Skaff na carroça (por causa de suas asas), e dissemos que se alguém se aproximasse que voasse para longe, mas isso não foi necessário.

Na guarda ficamos sabendo que crianças tem desaparecido e nós agora eramos suspeitos dos crimes e que ficariamos ali presos ate que tudo pudesse ser esclarecido. É óbvio que poucos ali se sujeitariam a prisão então por muita sorte (valeu Tymora \o/) Rurik deu um voto de confiança a Lauren antes que começasse a abrir caminho a base de sangue para fora da guarda…

PS: do bardo feliz

O bardo além de tudo era um ótimo desenhista, olhem só a aparência da Nightblight que ele disse pra gente achar nas colinas malvadas.

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/6/6f/Aconitum_septentrionale.jpg

Ilha das Flores

O Aureo disse que se eu não colocasse o link aqui ninguém ia entender a piada então …
aproveitem.. o/

http://www.putsgrilo.com/2007/08/12/ilha-das-flores-o-capitalismo-documentado/

Anúncios
Categorias:Resumo
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: