Início > Resumo > Despedidas

Despedidas

Na manha seguinte, todos tentam voltar a rotina..

Victor que não pode aparecer na cidade, vai com Skaff até o circo procurar por Quang Fei e tentar encontrar vistanis que possam nos ajudar a sair de Kartakas.

Willian e Rurik vão buscar a carroça que estava guardada pelo Meistsinger. O bárbaro também adquire algumas ferramentas de ferreiro, um tanto usadas mas em estado ainda útil.

Lauren vai a procura de cavalos para comprar. Ela encontra a oferta de um velho que pode vendê-los um cavalo magro e uma mula. Ela diz que voltará depois. Tenta encontrar outras montarias na cidade, mas ninguém parece querer vender nada. Numa das famílias que possui um bom cavalo, ela diz que paga mais que o cavalo pode valer, “posso pagar até o triplo do que ele vale”. Ela esquece por um momento de sua maldição e só consegue lembrar dela quando o senhor aceita e sua familia fica horrorizada. Algumas crianças se assustam e choram, o casal não entende muito bem o que há de errado com a mulher, e Lauren sente gosto de sangue nos seus lábios. Ela sai correndo com a mão no rosto em direção ao acampamento deixando um rastro de sangue na neve.

Rurik percebe e vai falar com ela enquanto sangue se empoça nas bordas da barraca. Lauren conta o que aconteceu, que tentou dar preço a um cavalo e começou a chorar. Ela sabe que não há nada que possa fazer isso parar a não ser o tempo. Ela manda Rurik e todos que se aproximam embora e fica ‘chorando’ sozinha.

Victor chega do circo com a notícia de que Quang Fei não voltará mais de lá. “Cada um tem seu próprio Karma, e o de alguns podem atrapalhar o dele”.

Também diz que encontrou um grupo de vistanis que podem nos levar direto para Sithicus, mas agora temos um problema. Eles não vão querer levar Lauren se desconfiarem que ela está sofrendo s efeitos de uma maldição vistani.

A quantidade de sangue aumenta e já não pode ser escondida. Skaff acompanha Lauren até a floresta e fica lá enquanto os dois observam o sangue escorrer.

Victor conversa com Rurik e conta que há uma possibilidade de tudo isso parar, mas que nunca pediria a Skaff que pusesse fim ao problema. Paladinos como ele podem pegar para si o castigo das maldições de outras pessoas se eles desejarem livrar alguém delas.

Rurik não sente a mesma parcela de culpa em fazê-lo, então encontra Skaff junto de Lauren e conta o que pode ser feito. Skaff fala com Victor no acampamento que, ainda que temeroso, explica como Skaff pode retirar a maldição de Lauren, para que quando os vistanis o vejam, entendam que maldição não é propriamente do paladino, mas sim de alguém que um cavaleiro sagrado quis ajudar.

Skaff se aproxima de Lauren no bosque e não responde as suas perguntas. Ele ora por um instante e deseja que a maldição venha para si. De cabeça baixa começa a sentir o calor do sange escorrer pelo rosto. O sangue faz com que sua armadura fique vermelha e em sua mão agora surge uma moeda de prata.

Lauren e Skaff voltam para o acampamento. A ladina arruma roupas limpas e vai até o circo procurar por Quang Fei, para que ele se despeça dos demais antes que nos afastemos do circo.

No momento da despedida, Skaff também diz que irá embora. Ele acha que a cada momento nós acumulamos mais e mais problemas e não cosneguimos resolver os que já existem. Ele precisa encontrar uma forma de livrar a alma de seu pai da armadura. Portanto, o paladino voltará para Tovag.

Marx descobre que a tribo vistani que nos levará pelas brumas é sua antiga tribo. Eles brigam com o mago por ele ter largado a sua tribo após fazer a vistoria na cidade, então Marx diz que “Talvez não seja da sua tribo”. Eles ‘compreendem’ e avisam que daqui para frente ele será tratado como um giorgio e que esta decisão não terá mais volta.

Lauren fica triste, pois acha que tem muita influência na decisão de Quang e Skaff irem embora, ainda mais pelo paladino que carrega agora um fardo que era seu. Ela decide ‘afogar as mágoas’ e fica o resto do dia na taverna bebendo. Quando volta ao acampamento traz consigo o cavalo pesado que comprou do cidadão com o qual ativou a moeda, ja que este não voltou atrás.

Ainda na taverna, ela havia conversado com Todd. Um bardo que inicia sua jornada em busca de histórias boas o bastante para ter alguma chance nas competições de Skald. Ele sabe que um grupo de ‘aventureiros’ salvou recentemente crianças que foram roubadas por uma bruxa. Para sua sorte, a mulher meio-elfa que faz parte desse grupo está ali na mesma taverna que ele e agora poderá conseguira notícia em primeira mão.

Ele sabe que os outros integrantes estão acampados do lado de fora e vai falar com Rurik e Marx. Todd é um homem simpático e acaba agradando até mesmo o bárbaro, então acaba ficando conosco pelo resto da viagem para coletar suas histórias.

Lauren está tão bêbada que não pode se opor a nada. Ela até apoia, mas avisa logo que obviamente ele irá morrer logo. Todd provavelmente não acredita, e até mente que ja matou alguém um dia para parecer mais digno da ‘vaga’ no grupo.

Os vistanis chegam e a breve viagem começa. Eles levaram primeiro todos à Sithicus, depois continuarão com Skaff para Tovag. Então Lauren aproveita para contar ao paldino tudo o que sabre sobre a moeda e como se livrar dela. Isso tudo enquando Victor guia seu cavalo, para que ela não acabe se perdendo nas brumas. Ruik aproveita a situação de sinceridade rara para perguntar sobre Harvard para a meio-elfa. Ela diz algumas coisas vagas, e a medida que todos entram nos dominios de Sithicus sua conversa se mistura com o efeito de arrependimento que cai sobre todos. Todos eles começam a experimentar um sentimento de culpa e lembrar de tudo de errado que ja fizeram em suas vidas.

Em Sithicus Skaff se despede.

Os demais começam a escutar as explicações de Victor sobre o lugar. Ele mostra como o céu é diferente a noite. As constelações são totalmente diferentes e não há Lua.

Agora o grupo só tem de encontrar um lugar para acampar…

Anúncios
Categorias:Resumo
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: