~Victor Marcont

Prólogo de Victor Marcont

A história dos heróis normalmente conta suas aventuras épicas com emoções e perigos, mas o que acontece quando eles vão morar em uma casa na orla da floresta levar uma pacata vida. Será que eles conseguem se adaptar a essa vida?

Gunter foi um grande herói de seu tempo, ele foi um dos que cavalgou os lendários dragões dourados (O grande dragão Fogo Reluzente) nas batalhas que salvou o futuro de seu povo, mas não o seu. Durante a etapa pacata de sua vida casou com uma linda camponesa (Clariss) e teve dois filhos (Glarin e Timott). Gunter e sua família moravam na orla da floresta onde retiravam seu sustento, sua casa era uma cabana simples porém arejada e muito bem cuidada.
No início ocorria tudo bem, mas com os anos a tristeza tomou conta do coração do herói mas sempre tratou com carinho toda a sua família.

Com o tempo o pai de Timott e Glarin tornou-se violento com sua família culpando-os por ser prisioneiro de sua própria escolha, mas o menino sempre viu seu pai como o grande herói de seu tempo, pois sua mãe escondia a verdade e só contava as grandes batalhas de seu pai (contrariando Glarin), e ele não percebeu que o tempo de seu pai tinha terminado.

Durante muito tempo de fúria por coisas banais tomavam conta da mente de Gunter destruindo toda a paz e possível felicidade de sua família e muitas vezes até colocando em risco a vida de seus dois filhos.

Um dia Glarin retornava para casa com seu pequeno irmão depois de caçá-lo por horas em uma de suas freqüentes fugas para ser um herói, iam a passos lentos devido à escuridão e a neblina já começavam a surgir.

Quando os jovens chegam na casa encontram Clariss fazendo os seus afazeres domésticos, como normalmente fazia naquele horário, mas executava as tarefas mecanicamente num estado quase catatônico sempre desviando de algum obstáculo que se encontrava no chão, eis que eles percebem que o que a mãe estava desviando, era o corpo do pai inerte sobre uma enorme poça de sangue. Glarin, depois de ficar parada em pânico, foge para a floresta que já estava tomada por brumas e Timott chama em vão pelo seu pai.

Segundos após a aterradora cena as brumas invadem a casa e sinistramente cobrem a tragédia… Timott perde todos de vista e começa a chamar pela mãe e pela irmã enquanto tenta sair da casa atrás de sua irmã… Logo depois de passar pela porta escuta um grito que gela sua espinha (parecia ser de um homem, mas tinha aspectos animalescos no timbre da voz)… Grita pela sua irmã e pela sua mãe cada vez mais desesperado… Fica em silêncio alguns momentos para ver se há resposta, por um breve momento escuta somente sua respiração falha e seus soluços de choro, o silêncio é quebrado por sons de leves passos saindo da casa e correndo rápido em direção a floresta… Ele corre para mesma direção (levado pelo medo, tanto pelo medo incitado pelo grito quanto por medo de perder a mãe e a irmã) e vaga a noite com o temor de nunca mais encontrar as pessoas mais importantes da sua vida, passa a noite se culpando por estar ausente quando sua família mais precisou. No amanhecer, ainda desnorteado pela tragédia, encontra uma cidade que nunca tinha visto, ele encontra a capital de Lamordia.
Timott nunca mais soube de seus pais (e não tem certeza da morte do pai) ou de sua irmã, os quais buscam há muito tempo. Sua vida foi à vida de um órfão mas teve sorte em ser criado em um mosteiro por boas pessoas, em especial o Sr. Marcont o ancião que encontrou o garoto na pior manhã da vida do menino e deu a ele o nome de Victor Marcont.

Victor sempre viveu na incerteza da morte do pai e na esperança de reencontra sua família. Durante sua estada no monastério o ancião Marcont o ensinou a superar as tristezas e também passou os segredos dos milagres, dizia ele que ajudaria na busca do jovem. O jovem Marcont, após a morte de seu tutor, partiu em busca do retorno a sua terra natal onde existiam grandes heróis que lutavam cavalgando os legendários dragões, e em seus sonhos torna-se um dos grandes heróis cavalgando em um dragão metálico, mas sonha principalmente encontrar com sua família.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: