~Willian Zoltan

Perguntas de Apoio para Montagem de Personagem de Ravenloft:

1. Como você se parece? Você é atraente? Simples? Grotesco? Você se veste com roupas finas ou trapos sujos? Você tem cicatrizes ou outras características incomuns? A aparência de um personagem pode ter a ver com seu passado (cicatrizes de um combate ou ataque, etc.).
Willian Zoltan é um cara atraente mas com traços brutos, quadrados, como o Daniel Craig. Em sua pátria veste as roupas típicas, ou seja, apenas as calças, uma faixa na cintura e sandálias, para destacar suas tatuagens, a marca de sua herança nobre mulana. Durante a aventura usa sua armadura com espinhos, típica de um conversor do Legislador. São percebíveis apenas as tatuagens da cabeça assim. Sem a armadura usa roupas comuns (camisas, calças e sapatos de lã), que permitem levemente perceber que Willian também tem o resto do corpo tatuado. As tatuagens, como manda a cultura hazlaniana, são as masculinas de praxe; dragões e formas geométricas em padrões.Elas possuem seus significados também, como sabido.

2. Onde está sua família? Onde é sua terra natal? Você tem uma casinha que possa chamar de lar, ou foi banido de suas terras ancestrais? Alguns jogadores pensam que entes queridos não podem ser ameaçados se não existirem, mas um herói que tem ninguém para perder também não tem ninguém a quem possa recorrer quando precisar.
Willian veio de Hazlan. Lá, quando muito jovem, foi enviado para servir o Legislador. Além do irmão tinha seus pais. Seus pais já morreram. O pai era um grande latifundiário das plantações de ópio de Hazlan (um dos produtos nacionais) e a mãe era uma nobre que vivia em casa frugalmente. Os dois morreram em uma peste que assolou a cidade. O irmão passou a viver em regime de internato na Academia dos Magos Vermelhos. Depois que cada um passou a viver com suas respectivas instituições os dois nunca mais se viram.

3. O que você mais ama? Pelo que você cometeria sacrifícios? Um interesse romântico? Um membro da família? Você mesmo? Seu deus? Magia? Juventude? Conhecimento? Poder? Você cometeria algum auto-sacrifio ou sacrificaria a outras pessoas?
Willian é completamente fiel aos ditames da igreja do Legislador. Ele sempre tenta ver uma lado mais sincrético na fé ,desde que isso não ofenda os dogmas da igreja. Ele pode até mesmo ser piedoso e conciliador, algo raro na igreja. Mas basta uma palavra do alto escalão ou algo que bote por terra suas esperanças na percepção da virtude (segundo a igreja) daqueles à sua volta para que tudo mude… Ele também considera muito Rurik pois é um irmão de armas (que seria uma graça divina do Legislador) e este tem uma atitude parecida com a de Willian diante dos problemas (o que na verdade dá combustível para Willian exercitar a natureza tirânica de seu deus).

4. Qual seu maior arrependimento? Você tem memórias que o perseguem a noite? Você foi incapaz de impedir uma morte? Você tem alguma característica mental ou física que o incomode? Você traiu um amigo num momento de fraqueza?
Willian se arrepende de não ter conseguido lutar com eficiência o bastante para evitar que seu colega Rurik perdesse a mão. Ele se sente culpado pelo episódio pois foi o primeiro a confrontar e sucumbir a Harvard na ocasião. Ele jurou que não deixaria isso ou coisa parecida ocorrer novamente. Jurou que faria, dali em diante, qualquer infiel se arrepender muito amargamente por ameaçá-lo e ameaçar seus colegas. Mesmo que isso colocasse sua usual benevolência em cheque.

5. O que lhe dá arrepios? Quais são seus medos e ódios? Alguns elfos não gostam do cheiro acre da pólvora, e anões normalmente não gostam do mar. Você não gosta do odor de algo, de calor, de frio, odeia o gosto de alguma coisa ou tem medo de alguma situação ou animal? Você acha alguma raça, cultura, religião, ou forma de magia primitiva ou não natural?
Willian se sente desconfortável quando outros parecem saber de algo e não o informam do que pode estar acontecendo. Ele sabe, por exemplo, que Lauren possui uma certa intimidade com a cultura de seu Deus, e quando faz referência a ela, o faz com uma certa desconfiança que deixa Willian temeroso. Afinal, por que ela age assim se seu deus é justo, piedoso e busca uma sociedade forte, organizada e submissa à sua sabedoria divina? Talvez seja a cultura dela ou não, mas Willian tem esta sensação quando estes episódios ocorrem.

6. O que lhe fascina? O que atrai o seu interesse? Você gosta de operas, ou você lê grandes novelas? Você gosta de observar os padrões intrincados de um pergaminho mágico, os fios de uma teia de aranha, ou as engrenagens de um relógio? Você tem um fraco por charadas ? Você vive a procura de novas sensações?
Willian é fascinado por culturas diferentes da dele. E se deleita quando demonstram o quão desorganizadas e fracas são sem o Legislador. Ele crê que cada dia que vê uma sociedade em penúria e esta não tem acesso ao Legislador, é uma sociedade doente. A punição é justa. Quando vê o contrário, acredita sempre que estão diante de uma iminente calamidade por não ouvir a palavra sagrada divina.

7. Quais são seus hábitos? Você segue alguma rotina em sua vida? Um sorcerer pode enrolar sua barba enquanto pensa, um caliban pode colecionar troféus de inimigos mortos; um bardo pode praticar toda noite para melhorar sua habilidade.
Willian está constantemente estudando e treinando fisicamente. Sua divindade é uma divindade guerreira, afinal.

8. Quais são seus segredos? Você esconde algo do mundo? Você disfarça alguma característica, ou enterrou algum evento de seu passado? Por que você mantém esse segredo? Se seu segredo for revelado, você ficara somente embaraçado, sofrerá perseguição ou colocará alguma coisa em risco?
Willian não tem segredos. Ele é realmente disciplinado e tenta incorporar uma aparência de virtude diante dos outros, apesar deste disfarce ir por água abaixo quando se sente contrariado (ou quando entra numa luta… Willian pode ser muito sujo numa luta… e sua preferência no uso de suas habilidades divinas segue este padrão… a maneira fácil).

9. Você é passional ou racional? Você se convence a seguir seu cérebro ao invés do coração, ou você é um verdadeiro romântico? Personagens caóticos tendem a estar mais confortáveis com seus sentimentos, mas os ordeiros são mais capazes de comportamentos racionais.
Mais ou menos. Willian é racional 70% do tempo… o resto do tempo é de uma crueldade brutal (sim, o suficiente para adquirir taint…).

10. Você é sofisticado ou supersticioso? Você foi treinado nas melhores escolas, ou foi criado por peleiros que saiam de seu terreno apenas para checar suas armadilhas? Um personagem cosmopolita pode conhecer etiqueta, enquanto um camponês rustico pode conhecer inumeros contos sobre as fadas.
Apesar de advir de família nobre, Willian é acostumado com o comportamento hierárquico da igreja, não possuindo o comportamento mandão típico. Tem boa formação, sabendo ser muito educado quando diante de alguém que considere uma autoridade (algum nobre crente, por exemplo), mas não é nem um pouco hedonista quanto à isso… afinal, submissão é a palavra de ordem dentro da igreja do Legislador. E Willian se orgulha de saber cumprir ordens muito bem. Principalmente a de dizimar seus inimigos.

11. Quão forte é sua fé? Muitos cidadãos da Terra das Brumas ignoram a religião, acreditando que os deuses a muito esqueceram os mortais. Se religioso, você segue a religião comum da sua terra natal, ou adotou uma fé estrangeira?
Willian é um clérigo da igreja do Legislador. Sua fé é inquestionável. Porém, um clérigo liberal. Tanto quanto um clérigo hazlaniano do Legislador poderia ser.

12. Quão auto-confiante você é? Você questiona continuamente seus próprios motivos? Você luta com uma escuridão interior? Ou você continua seu caminho confiante, sabendo em seu coração que suas atitudes são corretas?
Willian é bem autoconfiante. Ele sempre se questiona, mas sempre encontra cada vez mais motivos para crer em sua fé. Os princípios de Bane estão sobre toda a Ravenloft. Ele vê isso. Ele sente. Ele apenas faz os inimigos do Legislador se dobrarem a ele quando ignoram a mensagem sagrada. Não é ele que é sombrio. Os outros é que não entendem que a luz é negra. A piedade do Legislador está em toda a parte, é só ver e aceitar. A vida é dor. Aceite.

13. O que o leva a se aventurar? Por que você adotou a perigosa vida de aventureiro? Você é simplesmente um mercenário, buscando tesouros? Você está numa busca por vingança? Você possui motivos altruístas? Você acredita que tem um destino a cumprir? Você está tentando reaver uma herança roubada? Você está lutando para se reencontrar com um amor perdido?
Willian possui um motivo altruísta. Levar a palavra do Legislador aonde não a ouviram. E fazer o infiel ouví-la, por mal ou por bem. É uma jornada baseada na piedade da alma do infiel. Além disso, gosta de viajar e conhecer novas culturas e significados…

Comentário final: O Willian é um santo.

Anúncios
  1. 27 / agosto / 2008 às 2:18 pm

    Afinal o sobrenome do Willian é Mckenneth ou Zoltan? Ou os dois?

  2. Guido
    28 / agosto / 2008 às 12:22 am

    É Zoltam. É que Mckenneth parecia muito baroviano. Zoltan é típico de Hazlan.

  3. Daiane
    28 / agosto / 2008 às 3:48 pm

    Hum.. depois eu mudo então..

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: